Duzentos agência de comunicação e marketing de influência

Duzentos motivos para vergar a crise

 

Criada no início da pandemia de Covid-19, a agência de comunicação Duzentos teve dificuldades à nascença. Mas, não baixou os braços, ajustou o plano de lançamento e avançou inclusive com uma agência de Marketing de Influência. E mostrou que é possível dar.

Era um sonho antigo dos cinco fundadores, mas nasceu no meio de um pesadelo global e numa altura em que o consumo, os budgets e estratégias de comunicação das marcas sofreram um rombo sem precedentes. A agência de comunicação Duzentos foi apresentada ao mercado em Abril do ano passado, coincidindo com a primeira vaga da pandemia de Covid-19 no País. «O desafio arrancou antes da pandemia e, claro, sem contar com ela. Quando decidimos abrir, encontrámos, equipámos e mobilámos o nosso espaço [em Lisboa], depois de sairmos dos empregos onde nos encontrávamos. Ou seja, quando chegou a pandemia não havia volta a dar», recorda Tomás Mendes dos Santos, Account executive e partner na Duzentos. «Tivemos direito a estar no nosso espaço sem máscaras nem preocupações durante duas semanas, antes de irmos todos para casa.»

Nessa altura, a Duzentos tinha acabado de angariar os dois primeiros clientes na área dos Eventos, que «deveria ser um dos motores». Mas também aí a pandemia pôs um travão inesperado. «Esses clientes eram dois festivais de música, o que nos fez ver os nossos clientes-piloto a pararem por completo sem que pudéssemos fazer algo quanto a isso. Foram momentos, no mínimo, complicados e apreensivos», lembra o responsável.

Só que a necessidade aguça o engenho, e nem a crise sanitária atrasou a entrada da Duzentos no mercado, apesar de ter obrigado a alguns ajustes no plano de lançamento. Com a porta dos eventos fechada e toda a equipa em teletrabalho, a agência priorizou a angariação de clientes em áreas que não tivessem parado por completo, desenvolveu a área Digital, que «cresceu exponencialmente», e com ela a Produção de Conteúdos, seguida das Relações Públicas. Mas não ficou por aqui: em menos de seis meses, haveria de entrar numa nova área de negócio, ao lançar a IN by Duzentos, uma agência de Marketing de Influência. Pelo meio, angariou clientes como Xtravel, Grupo Chiado, Leitaria Gourmet, Hamburg, Daffetto, JBarroso, Garagem da Lapa, Sportino ou Sushi do Bairro.

«Apesar de considerarmos que a pandemia não nos foi favorável no campo económico e de angariação de clientes, tendo em conta o momento exacto em que abrimos, acabou por nos permitir ter agilidade para ultrapassar o problema. Ea verdade é que, em pouco tempo, estávamos a trilhar um novo caminho, que nos permitiu chegar ao final do ano com uma equipa de 12 pessoas», frisa o partner da Duzentos. E acrescenta que 2020 fechou «com uma facturação acima dos objectivos iniciais, mesmo antes de sabermos que estava uma pandemia à espreita».

Quebrar as regras Bruno Assunção (fotógrafo e responsável pela Gestão da Duzentos), Pedro Messias (fotógrafo e responsável pela área de New Business), Pedro Simões (com o pelouro do Design e Criatividade), Vítor Duarte (Vídeo e Operações) e Tomás Mendes dos Santos (Estratégia e Relações Públicas) são os rostos por detrás da Duzentos.

Combinando experiências e know-how nas mais variadas disciplinas da Comunicação, o objectivo dos cinco fundadores passou sempre pela criação de um serviço amplo e integrado, que hoje se estende a seis áreas (Estratégia, Relações Públicas, Eventos, Digital, Influenciadores e Produção de Conteúdos), que «nasceram para trabalhar interligadas e na óptica de entregar ao cliente resultados de excelência, sempre que possível elaborados dentro das paredes da Duzentos», explica Tomás Mendes dos Santos. É que a agência conta com um estúdio próprio de vídeo e fotografia, garantindo assim a produção de conteúdos in-house e a apoio às restantes áreas de actividade.

Quando foi apresentada ao mercado, a Duzentos declarou desde logo a intenção de “quebrar as regras da comunicação”. Mas o que é que isso significa? «Significa pensar e fazer diferente. Na prática, olhamos para todos os desafios como desafios criativos, mesmo quando não o parecem, porque em tudo o que nos chega podemos propor algo diferente e que distinga a marca. A própria estrutura com que construímos a Duzentos foi desenhada com o intuito de interligar as áreas, de forma a reinventar a forma de comunicar», explana Tomás Mendes dos Santos.

E é com esse mesmo mindset que a Duzentos tem consolidado a sua presença, contando já com um portefólio alargado, onde se destacam a gestão de redes sociais e influenciadores da marca de streetwear Sportino, a gestão das redes sociais do restaurante lisboeta Sushi do Bairro ea gestão de influenciadores, relação com os media e produção de conteúdos para o hotel madeirense Quinti nha de São João. Mas também a produção fotográfica para a revista “Motorcycle Sports”, o rebranding e design do website da rede de oficinas Garagem da Lapa, o rebranding e a redecoração das instalações e da frota da transportadora JBarroso, bem como uma série de videoclips gravados e produzidos para artistas nacionais, entre outros projectos.

Já este ano, a agência angariou clientes, como a empresa especializada em soluções arquitectónicas Horácio Costa, o jovem piloto de motociclismo Rodrigo Valente e a Mapfre, para quem tem vindo a realizar alguns projectos pontuais. «Temos ainda dois projectos de clientes angariados este ano que estão completamente no segredo dos deuses e mais de 15 propostas de várias dimensões no forno», revela o responsável.

Duzentos está IN

Ainda em Setembro do ano passado, a agência entrou no segmento do Marketing de Influência com a criação da área de negócio IN by Duzentos. A nova unidade, que opera de forma independente da casa-mãe, dedicase ao agenciamento de influenciadores e visa gerir não só a sua relação com as marcas, mas também a criação de conteúdos e a gestão das suas carreiras. Na parte criativa, dispõe de um estúdio e de uma equipa especializada para produção de conteúdos, com enfoque no Instagram, Reels, TikTok, podcasts, YouTube, entre outras plataformas.

«A IN procura e trabalha a força de influência de cada um dos seus agenciados. Isto é, não temos qualquer interesse em ir atrás do número de “gostos” de cada um – o nosso desafio é interpretar a sua real influência. A ideia é ser, a médio ea longo prazo, uma plataforma que ofereça espaço mediático aos seus agenciados», explana o sócio.

Já sobre a decisão de separar esta área de negócio da agência de comunicação Duzentos, o responsável explica que o objectivo é garantir total independência, tanto na procura de influenciadores para os clientes da Duzentos, como na procura de parcerias com marcas para os agenciados da IN.

Neste momento, a IN by Duzentos conta com uma carteira de 19 agenciados («em breve serão 22»), como o modelo e actor espanhol River Viiperi, os rappers NBC e Harold, a repórter televisiva Ana Teresa Santos, a cantora Diana Lucas eo piloto de motocross Xico Patife (de apenas sete anos). Apesar de estar ainda a dar os primeiros passos nesta área, a agência já participou em campanhas para marcas como Sportino, OLX, a marca de headphones Earebel, a marca de lingerie Rêverie, bem como restaurantes e hotéis.

Encarar 2021 com ambição
Se 2020 foi o ano zero da Duzentos, de implementação e apresentação de mercado, 2021 espera-se um ano de consolidação. «Mais clientes, mais projectos e mais avenças» é agora o foco da agência, que pretende fazer crescer a equipa, «mas também melhorar as condições de toda a equipa que apostou em nós quando ainda não tínhamos provas dadas», refere Tomás Mendes dos Santos. «Os planos financeiros para 2021 estão obviamente condicionados pela pandemia, mas, no pior dos cenários, sem contar com a área dos Eventos, o objectivo é triplicar a facturação de 2020. Acreditamos que passaremos esse marco com relativa facilidade, caso a pandemia nos dê algumas tréguas», vaticina.

IN Marketeer #296 Março2021 – Pg 98, 99, 100

PARTILHAR ARTIGO

alexandra Mineiro

“Mafarrica”, “Matraquilho”, “Personagem”, “A.M”, são tantos os nomes para definir a Alexandra, mas nenhum é melhor do que “fundista”. A Alexandra tanto está na agência como em território do cliente, o que faz dela uma atleta de fundo de excelência. Trata as redes sociais por “tu”, o sushi por “xuxi” e os bagels por “beagles”. A Mineiro não é uma Digital Account qualquer, é daquelas que só nos dá vontade (ao fim de 4h no mesmo espaço) de CAP(ture) and CUT. Yap: CapCut.

Tânia Tadeu

Benfiquista. “Mãe” de três. Boss desta gente toda. (não necessariamente por esta ordem, claro). Aqui, só temos dias de folga, tardes livres ou outras abébias porque foi a “Tânia que Tadeu”! Chega a todo o lado, envia mails a toda a gente e atende telefonemas a toda a hora, porque para ela estar em cima do acontecimento é o mais importante.
Esta é a nossa General Manager e esta “bio” foi aprovada pela mesma.

Pedro Simões

O nosso Creative Director é o que mais elogia o trabalho alheio e o mais simpático cá de “casa” (só que não). Adora uma boa conversa sobre empreitadas, uma tarde de jolas, de ouvir Bach e de longas viagens por esse mundo fora. Ah! Já vos dissemos que nas horas vagas é Coach Motivacional? (só que não também!)

Tomás M. Santos

“O Mega Louco.” Chega ao escritório (que fica a 200m de casa) depois de toda a equipa, põe acentos em palavras que nunca os tiveram, viveu histórias que nunca presenciou e conduz sempre como se estivesse no Rally de Portugal. Eis O nosso Strategy Director.

PEDRO MESSIAS

Se o tema for a doçaria portuguesa, acreditem que o nosso New Business Director é doutorado no assunto. É dono dos melhores outfits da empresa (às vezes parece um James Bond, outras vezes nem sabemos bem o que aquilo é) e proprietário das melhores fotos de produto alguma vez captadas.

Dedica-se às artes marciais e tudo o que é desporto (agora tb Padel), mas nós sabemos que o forte dele é a defesa dos projectos dos clientes. Fã nº1 de XICO DA TINA, o Messias é o salvador da comunicação do sector automóvel.

BRUNO ASSUNÇÃO

“O Pai”; “O Maior”; “O Mais Lindo”, pode ser uma das três, desde que nos dirijamos ao CEO assim, já ganhámos o seu coração. Tem sempre uma palavra de motivação para entregar à malta e nunca lhe falta energia (acreditamos que tem #parceria com a Duracell) para andar aos saltos e a dançar pela agência e ainda bem que assim é.

Vitor Duarte (Vitó)

O mais bem-disposto do grupo: o nosso Film Director! Rouba gargalhadas a todos a toda a hora. Perde os óculos 2 a 3 vezes ao ano e muitas são as vezes que deixa as chaves da mota, na mota. O que vê o lado positivo em tudo, anda sempre a assobiar pela “casa” e é um prazer ouvi-lo. As meninas da Duzentos adoram-no de morte e os homens não vivem sem a companhia dele.

Pedro Simões

O nosso Creative Director é o que mais elogia o trabalho alheio e o mais simpático cá de “casa” (só que não). Adora uma boa conversa sobre empreitadas, uma tarde de jolas, de ouvir Bach e de longas viagens por esse mundo fora. Ah! Já vos dissemos que nas horas vagas é Coach Motivacional? (só que não também!)

Rita Pires

Conhecida como “polvo”, os braços da Rita multiplicam-se para dar conta de vários temas ao mesmo tempo, fazendo dela uma distribuidora de jogo nata!
Manda e-mails à velocidade da luz, enquanto atende telefonemas de clientes. Tem atenção ao detalhe, às pessoas e o pragmatismo poderia ser o nome do meio desta Account Manager.

Fábio Rodrigues

O Fábio chegou mudo e agora quem o cala? O nosso PR & Digital Account é “travel addicted”, “book lover” e anda para aí “catching sunsets, not feelings”. 
Veio de Leiria (embora digam que isso nem exista!!) com a sua “Caixinha das Séries” (ask him), para nos presentear com o seu perfeccionismo e know-how em redes sociais.
É irónico e sarcástico. Culto e adulto que nem a RTP2. E tal como a copywriter desta bio, concorda que é demasiado cedo para se escrever sobre alguém que mal se conhece. Obrigada Fábio. Tentamos novamente mais tarde!

Mariana Guerreiro

Chamam-lhe, por aqui, a “Empadinhas”, mas lá porque nasceu no Alentejo, e vai falando no gerúndio (porque é melhor ir falando e fazendo do que falar e fazer), a nossa Digital Account não deve ser definida como uma empadinha, mas sim como um valente prato de Migas, porque a Mariana é cheia de substância e completa em tudo o que faz.

Rita Suissas

Dona de piadas fáceis, a nossa Creative Copywriter podia fazer stand up comedy, mas a Rita prefere espalhar gargalhadas pela Duzentos. É um Camões (não pela falta de olho, até porque o que lhe falta é um ouvido), um Pessoa ou uma Sophia de Mello Breyner, até porque o que gosta mesmo é de escrever (e ler!!). Ah! Já vos dissemos que a sua melhor qualidade é ser do clube de Alvalade?

JONAS GAMBARO

E aí, cára? Tudo légau? O Jonas é o nosso Pelé misturado com Maria Bethânia, com toques de Tony Ramos e Ivete Sangalo (até porque está sempre pronto para levantar poeira).
Expert em Ads, o nosso Paid Media Manager, é um Doutor no assunto futebol, e mais importante que tudo: é do Sporting!

Claudio Fernandes

Eis a nossa Rock Star. É verdade! Escondeu-nos durante muito tempo, mas descobrimos que para além de designer, voz off, DJ, fashionista e comediante, o Cláudio passa também em todas as rádios e mais algumas. PUXA, que ele é mesmo o mais talentoso em PISTA! Não, nem tentem. É nosso!!

Lucca Corsino

Don Corsino para os amigos. O nosso motion designer é um paulista com sotaque siciliano, mas enganam-se todos aqueles que pensam que o sangue que lhes corre nas veias é o mesmo de um mafioso, porque se há coisa que o Lucca não é, é mau coração. Sempre com respostas elaboradas para tudo, com perfil de realizador cinematográfico, o Lucca sonha em 35mm. mas ao colocar em prática, sai sempre sem grão. 
Este é o Don Corsino. A melhor mistura de Brasil e Itália, aqui em Portugal.

Leandro Curvello

Carioca de gema, flamenguista de coração, eis o Leandro: o maior cá de “casa”. Raramente o ouvimos e temos a certeza que não faz grande questão de nos escutar (não o julgamos, afinal de contas conseguimos ser bem barulhentos!), até porque se há coisa que não larga por nada, são os seus headphones.
O Leandro é prestável e talentoso, um creative designer que partiu do Rio de Janeiro para aterrar (com os seus lápis, canetas e papéis) na capital banhada pelo Rio Tejo.

Ana Rita Cândido

Ana Rita. Ritinha. Ritinha fofinha. Rita 3. Cândido. Escolham um nome e a nossa social media manager mostra-se logo disponível.

Com uma paixão enorme por futebol e pela comunicação, pensou ser jornalista desportiva. Quis a vida que o caminho tomasse um novo rumo e o jornalismo desportivo desse lugar à estratégia, planeamento, copy, agendamento, instagram, Facebook, LinkedIn…

Prefere falar alemão do que inglês e as gomas não se comem, evitam-se.

Eis a nossa Ritinha fofinha.